CPT - Centro de Produções Técnicas

A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) recebeu nesta terça-feira (18) o presidente da Federação da Agricultura de Minas Gerais, Roberto Simões, e representantes dos queijos artesanais de MG para falar sobre a importância da cadeia produtiva dos queijos artesanais. O setor apresentou à ministra uma proposta de marco regulatório, que visa regulamentar a fabricação e a comercialização do produto. Kátia Abreu garantiu que essas mudanças já estão sendo feitas. Uma delas, acrescentou, está relacionada à fiscalização da produção: “Vamos fazer a inspeção por análise de risco. Nela, a fábrica que está com conceito negativo será mais visitada.” O setor de queijos artesanais também cumprimentou o Ministério da Agricultura pela elaboração da Instrução Normativa nº 16, de 26 de junho de 2015, que estabelece normas específicas de inspeção e fiscalização sanitária de produtos de origem animal, referente a agroindústrias de pequeno porte. Também participaram da reunião os secretários do Mapa Décio Coutinho (Defesa Agropecuária), Tânia Garib (Integração e Mobilidade Social), Caio Rocha (Produtor Rural e Cooperativismo), André Nassar (Política Agrícola) e Tatiana Palermo (Relações Internacionais).

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here