CPT - Centro de Produções Técnicas

Tire suas dúvidas sobre o leite:

1. Como identificar o lote e a validade do leite?
As informações sobre o lote e o prazo de validade do leite constam do rótulo do produto.

2. Há riscos para a saúde de quem consumiu o leite dos lotes recolhidos pelo Governo Federal, em que foram detectadas irregularidades?
Foram encontradas irregularidades em apenas alguns lotes de leite UAT (Ultra Alta Temperatura). Os laudos dos exames laboratoriais dos lotes de leite recolhidos não indicaram a presença de soda cáustica. Assim, a eventual ingestão desse leite não resultaria em risco à saúde.

3. Quais os procedimentos que devem ser adotados, caso o consumidor encontre leite com características suspeitas?
A fraude detectada nos lotes de leite apreendidos não provoca alterações nas características do leite como odor, cor, sabor ou consistência. Ainda assim, caso os consumidores percebam qualquer aspecto diferente no produto devem comunicar o Ministério da Agricultura, por meio da Central de Relacionamento (número gratuito 0800 704 1995), todos os dias da semana, das 8 às 20 horas.

4. O que fazer, caso tenha comprado leite dos lotes recolhidos?
O leite dos lotes recolhidos não deve ser consumido. Se tiver adquirido leite desses lotes, o consumidor pode devolver o produto ao estabelecimento comercial em que o produto foi comprado.

5. Quais substâncias, permitidas por lei, podem ser adicionadas ao leite?
As únicas substâncias que podem ser adicionadas ao leite produzido pelo processo de UAT são o citrato de sódio, o monofosfato de sódio, o trifosfato de sódio, separados ou misturados, numa quantidade não superior a 0,1 grama por 100 mililitros do produto. Essas substâncias são usadas com a função de estabilizante, ou seja, para evitar a separação dos componentes do leite dentro da embalagem. No caso do leite pasteurizado, nenhuma substância pode ser adicionada.

6. Como saber quem vende leite fora do padrão?
Para certificar-se de que não há outras marcas e empresas de laticínios que comercializam leite fora do padrão, o Ministério da Agricultura está recolhendo amostras de 100% das marcas de leite vendidas no Brasil, para análises laboratoriais na rede de Laboratórios Nacionais Agropecuários.

7. Posso confiar no Serviço de Inspeção Federal (SIF) do Ministério da Agricultura?
Há mais de 90 anos, o SIF trabalha de forma eficiente na fiscalização da produção de alimentos de origem animal no Brasil. As fraudes encontradas no leite são um problema pontual, fruto de ação criminosa. Encontrar indícios de fraudes em algumas indústrias de laticínios não significa que a qualidade de todo o leite produzido no Brasil esteja comprometida.

Fonte:
Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here