CPT - Centro de Produções Técnicas

A Chr. Hansen está finalizando a construção de uma nova fábrica em Cochin, na Índia. Com a adição da nova fábrica, a empresa global de ingredientes dobrará sua capacidade de produção de extratos de especiarias e derivados de páprica. O novo investimento está em sintonia a repercussão do assunto saúde que ganhou importância ao redor do mundo, e desta forma a demanda por ingredientes naturais, incluindo extrato de especiarias, está em crescimento.

“Tudo se iniciou a cerca de dez anos atrás, quando entramos em uma iniciativa conjunta com um parceiro Indiano no estabelecimento de uma nova unidade de produção, e agora estamos dando os toques finais em uma nova planta de alta tecnologia em Cochin,’’ diz Bent Zibrandtsen, Vice Presidente de Recursos Globais da Chr. Hansen.

De acordo com Zibrandtsen, a crescente demanda por produtos alimentícios e ingredientes saudáveis e naturais conduziu a uma onda no mercado de oleoresinas naturais. Oleoresinas possuem aromas de altíssima qualidade, e são principalmente usadas em carnes processadas, peixes, vegetais, sopas, molhos e temperos, em adição a uma variedade de produtos lácteos, snacks e bebidas.

Dada a situação atual do mercado, não foi por acaso que a Chr. Hansen escolheu investir neste momento.

“A Chr. Hansen ocupa a Segunda posição na lista dos maiores fabricantes do mundo de oleoresina de páprica, e a terceira posição quando se refere a outros extratos de especiarias. Embora, agora estamos assegurando nossa posição na liderança, dobrando a capacidade global de produção com a expansão da nova planta,” relata Zibrantsen.

Maior flexibilidade

A nova planta em Cochin ostenta a mais nova tecnologia com equipamentos para a extração de especiarias.

”A nova planta nos permite extrair em uma base contínua, e desta forma utilizar 100 por cento da capacidade fabril,” diz Zibrandtsen. “No mesmo instante, o novo sistema nos oferece muito mais flexibilidade em termos de matéria-prima, o qual nos permite trabalhar com fornecedores do mundo inteiro,”

O aumento da capacidade na Índia concede a Chr. Hansen a oportunidade de ir de encontro com a demanda crescente em um mercado global em expansão.

“Não há dúvida que o aumento da capacidade fortalecerá ainda mais nossa posição no mercado, e também apoiará os planos que temos para expandir nossa presença no segmento de especiarias. Além disto, os investimentos recentes se enquadram com nosso enfoque na Ásia, uma região onde somos capazes de fabricar com baixo custo e também nos adequar ao crescimento rápido na demanda de ingredientes alimentícios,” conclui Zibrandtsen.

A demanda por produtos saudáveis está em crescimento

A Índia é o maior fabricante do mundo de oleoresina (extrato de especiarias), que são principalmente produzidos em Kerala, o estado em que a cidade de Cochin está situada.

A crescente demanda dos consumidores por produtos alimentícios saudáveis e naturais, conduziu para um aumento no mercado de oleoresinas naturais.

Além disso, o mercado obteve uma melhora significativa pelo crescente consumo de misturas de especiarias em países em desenvolvimento que agora estão, em uma extensão nunca vista antes, no mercado de alimentos processados. Só na Índia, a renda disponível está crescendo, e como consequência o mercado de produtos alimentícios processados tem crescido 12 por cento ao ano, que mais uma vez impulsiona a demanda por especiarias e por soluções em sabor.

O que são oleoresinas?
Oleoresinas possuem um perfil aromático da especiaria, e é então capaz de substituir uma especiaria sem alterar o sabor desta especiaria e a característica do aroma. Além disso, a coloração de uma oleoresina permanece consistente de produção a produção, e sua microbiologia pode ser controlada em comparação a uma especiaria ‘in natura’. As oleoresinas são obtidas usando álcool para extraí-las, e posteriormente o álcool é removido através do processo de evaporação.

As oleoresinas possuem uma qualidade altíssima em sabor e odor. Eles também garantem a estabilidade durante a armazenagem dos produtos alimentícios e são usados principalmente em carnes processadas, peixes, vegetais, sopas, molhos e temperos, em adição a uma variedade de produtos lácteos, snacks e bebidas. (Fonte: Chr. Hansen)

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here