CPT - Centro de Produções Técnicas

A Defensoria Pública da União falou nesta segunda-feira sobre o caso de crianças alérgicas à proteína do leite de vaca e que, às vezes, não podem ingerir outros alimentos. Em algumas situações, há até risco de morte. Esses bebês precisam de um leite com fórmula especial, que custa cerca de R$ 200 por lata. O produto não está na lista de distribuição gratuita no Sistema Único de Saúde (SUS). Se o medicamento não puder ser adquirido pela família, deve ser solicitado nas Secretarias Municipal e Estadual da Saúde. O último caminho é a Justiça. Se você precisa de ajuda, procure a DPU, que presta assistência jurídica gratuita a quem não tem condições de pagar pelo serviço de um advogado. É importante ter em mãos RG e CPF de todos que moram na mesma casa, receita médica indicando o leite especial, atestado médico com o CID da doença, formulário preenchido pelo médico (envie e-mail para [email protected] para recebê-lo) e negativa de fornecimento pelas Secretarias Municipal e Estadual da Saúde. A DPU em Florianópolis fica na Rua Frei Evaristo, 142, Centro. Agende atendimento pelo telefone (48) 3221-9400. O Ministério Público Federal entrou com uma ação civil pública na Justiça solicitando que todas as crianças nessa situação tenham acesso gratuito ao leite especial. A DPU também participa da ação. O processo ainda será julgado pela Justiça Federal, e a solução pode demorar.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here