CPT - Centro de Produções Técnicas

Cresceu em 4,23% a aquisição de leite pelas indústrias processadoras de Mato Grosso do Sul em 2014 frente a 2013. É o que apontam dados copilados pelo Agrodebate com base em informações da Pesquisa Trimestral do Leite do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo os dados, no ano passado as indústrias do estado adquiriram 206,196 milhões de litros de leite, enquanto que no anterior, o volume foi de 197,812 milhões de litros. Com essa quantidade, Mato Grosso do Sul fechou 2014, na 15ª posição do ranking nacional de aquisição de leite. Terminaram o ano a diante do estado na relação: Minas Gerais (6,589 bilhões de litros), Rio Grande do Sul (3,430 bilhões de litros), Paraná (2,966 bilhões de litros), Goiás (2,685 bilhões de litros), São Paulo (2,524 bilhões de litros), Santa Catarina (2,339 bilhões de litros), Rondônia (760,087 milhões de litros), Mato Grosso (618 milhões de litros), Rio de Janeiro (511,718 milhões), Bahia (363,449 milhões de litros), Espirito Santo (320,970 milhões de litros), Pará (311,397 milhões de litros), Ceará (270,907 milhões de litros) e Pernambuco (227,634 milhões de litros). Apesar do aumento na aquisição de leite no ano passado em comparação com o anterior em Mato Grosso do Sul, o desempenho em volume foi o terceiro menor dos últimos dez anos, de acordo com as informações do IBGE. Volume mais baixo neste intervalo de tempo foi registrado somente em 2011, com 200,699 milhões de litros, e em em 2013, com 197,812 milhões de litros. O recorde no período foi em 2005, com 238,851 milhões de litros.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here