CPT - Centro de Produções Técnicas

Do volume total de leite industrializado em Mato Grosso 35% é proveniente de cooperativas. A pecuária leiteira é a principal atividade econômica de 5,8 mil propriedades organizadas no Estado em cooperativas. Em média 100 litros/dia são captados por cooperado. De acordo com o analista de desenvolvimento do Sistema Organização das Cooperativas Brasileiras de Mato Grosso (Sistema OCB/MT), Mauro Machado Vieira, o Estado possui a capacidade para ampliar a média diária para 300 litros se eliminada a sazonalidade da produção, que chega a 60% hoje, juntamente com outras ações. O Diagnóstico da Cadeia do Leite de Mato Grosso, realizado em 2012 em uma parceria do Sistema OCB/SESCOOP MT com o Sistema Famato/Senar, revela que 90% dos cooperados do segmento convivem com diversos fatores que limitam o avanço da atividade. Entre tais fatores estão à baixa produção e produtividade, além da baixa qualidade, falta de assistência técnica especializada, entre outros. Conforme o Sistema OCB/MT, em 2014 foi iniciado no Estado o Programa Leite a Pasto com o objetivo de elevar a produção de leite nas cooperativas. A ação é parte integrante Programa de Desenvolvimento de Conhecimento Estratégico da Cadeia do Leite em Cooperativas de Laticínios do Estado de Mato Grosso, que visa levar conhecimento, bem como estratégias e ações que auxiliem aos cooperados a enfrentar os desafios que surgem pela frente. O Programa Leite a Pasto possui duração de quatro anos. “O primeiro ano do Programa Leite a Pasto foi positivo e o trabalho continua forte, pois diante deste cenário cada vez mais competitivo é necessário agregar gestão profissional às propriedades permitindo adequações a sua expectativa de crescimento e ao cooperado o desenvolvimento da consciência cooperativa, comprometimento, fidelização, adoção de gestão e tecnologia, renda e maior participação no processo de governança”, declara analista de desenvolvimento do Sistema OCB-MT, Mauro Machado Vieira. Em 2014, segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Mato Grosso registrou uma captação em média 503,63 mil litros de leite, um volume 6% superior aos 475,13 mil litros médios captados por dia em 2013. Os dados de produção de leite são gerais, desde o pequeno ao grande produtor.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here