CPT - Centro de Produções Técnicas

A Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA) realizou, por intermédio do Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AL), um estudo para determinar o custo de produção de leite em propriedades com perfil da agricultura familiar no Estado. A pesquisa, solicitada pela Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, agência subordinada ao Ministério do Desenvolvimento Social, utilizou a metodologia do Balde Cheio, desenvolvido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O estudo foi realizado em dez propriedades do Estado e concluiu que o custo de produção do litro de leite nessas propriedades varia entre R$ 0,63 à R$ 1,18. Sendo assim, a Cooperativa pôde definir o valor de venda do litro de leite ao Governo Federal, através do Programa do Leite, atendendo a necessidade do produtor, para que ele possa ter uma remuneração líquida de um salário mínimo por mês. Segundo o diretor Administrativo Financeiro da CPLA, Fernando Medeiros, atualmente, o governo compra 19 litros/dia de cada agricultor familiar do Estado inserido no Programa do Leite ao preço de R$ 1,14, por litro. E para que o produtor obtenha a remuneração líquida de um salário mínimo por mês, seria necessária a venda diária de 96 litros de leite/dia ao programa. “Essa quantidade de leite de 19 litros não atende as necessidades dos agricultores. O estudo foi realizado justamente para mostrar a Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional a necessidade do aumento da cota de leite comprado ao agricultor familiar”, acrescentou Medeiros. Fernando Medeiros destacou ainda o papel da CPLA nesse levantamento na busca de promover melhorias que mantenham os agricultores no campo, estimulando a produção e gerando lucro. O relatório sobre o estudo será enviado nesta quarta-feira, 02, ao secretário Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Arnoldo Anacleto de Campos, onde será marcada uma reunião entre a CPLA e o órgão governamental, em Brasília, para que se possa negociar o aumento da cota. Programa do Leite O Programa do Leite é uma das modalidades do Programa de Aquisição de Alimentos do Governo Federal. Seu objetivo é propiciar o consumo do leite às famílias que se encontram em estado de insegurança alimentar e nutricional e incentivar a produção familiar. Pode ser inserido no programa, o pequeno agricultor familiar que produza, no máximo, 150 litros de leite por dia, tendo prioridade aqueles que produzam uma média de 50 litros por dia. Além disso, é preciso respeitar o limite financeiro semestral de R$ 4 mil por produtor, possuir declaração de aptidão ao Programa Nacional da Agricultura Familiar (PRONAF) dentro das categorias "A" "A/C" "B" e agricultor familiar e realizar a vacinação dos animais.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here