CPT - Centro de Produções Técnicas

A Coca-Cola está entrando no ramo do leite – e calculando minuciosamente seus passos nesse novo segmento.Nas próximas semanas, a maior empresa de bebidas do mundo vai começar o lançamento de sua mais recente inovação nos Estados Unidos: um produto lácteo novo, de alto padrão, extremamente modificado – e muito mais caro. A novidade, chamada Fairlife, terá a aparência e o sabor do leite, mas, de resto, sua composição será bem diferente do leite comum. O Fairlife tem baixo teor de açúcar, alto teor de proteína, e nenhuma lactose. Foi assim que Sandy Douglas, vice-presidente sênior da Coca-Cola, explicou a bebida durante conference call no ano passado: “O produto de leite que mostrei a vocês… passa por um processo original de filtragem que nos permite aumentar as proteínas em 50%, reduzir o açúcar em 30%, e eliminar a lactose… cobraremos o dobro do preço do leite que costumávamos comprar na embalagem tradicional”. <b>Momento</b> O leite vem desaparecendo da dieta dos americanos há décadas. Em média, a população dos EUA bebe atualmente 37% menos leite do que em 1970, de acordo com dados do departamento americano da agricultura. O declínio foi especialmente pronunciado no caso do leite integral, cujo consumo teve queda acentuada com o passar dos anos. Os dramas da indústria do leite chegaram a um novo ponto baixo no ano passado quando foi preciso abandonar o tradicional slogan “Got Milk?”. A campanha, veiculada por mais de 20 anos, pouco fez para impedir que o país gostasse cada vez menos de leite.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here