CPT - Centro de Produções Técnicas

Os produtores de leite do sertão de Alagoas têm motivos para comemorar. As chuvas de maio ajudaram a recuperar as pastagens e com tanto capim, agora o gado passa mais tempo solto, pastando. A chuva também contribuiu para melhorar o nível dos reservatórios de água, onde os animais matam a sede. O resultado desta mudança de clima e de temperatura reflete na hora da ordenha. Quanto mais pasto no campo, mais leite os animais produzem. Jonatha de Miranda tem 30 vacas em período de lactação em Major Isidoro, região de sertão. A produção de leite, que era de 14 litros por animal, aumentou em 30% entre os meses de abril e maio. Em Jaramataia, o gado também foi para o pasto, para a alegria dos produtores. Mércia Azarias, presidente da Associação dos Produtores de Leite de Jaramataia, diz que a produção de leite entre os 60 associados aumentou 50%. Ela conta que os produtores estão aproveitando o período para economizar com a compra de ração.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here