Passado um ano desde que assumimos a diretoria do CBQL, muitas são as histórias para contar. Como toda entidade jovem, em busca por definir seu perfil e seu espaço, o CBQL ainda tem muitas questões em aberto, a serem respondidas não pela diretoria, mas pelo conjunto de seus membros. Do ponto de vista administrativo, o consumo de energia neste período concentrou-se na transferência da sede de Juiz de Fora para Passo Fundo, na viabilização da CBQL em Revista, na reestruturação da home page, no estabelecimento de uma secretaria permanente e, fundamentalmente, na viabilização financeira do conselho. Mesmo com a fragilidade que ainda caracteriza nossa organização, os avanços foram significativos e fundamentais para que se tenha agora o ambiente necessário para a proposição de ações em prol da qualidade do leite em si.

Isto não quer dizer que outras iniciativas deixaram de existir neste período. Graças à credibilidade conquistada pela diretoria passada, o CBQL passou a integrar a Câmara Setorial do Leite e Derivados a convite do Ministro Roberto Rodrigues, e temos nos esforçado em incluir os temas relativos à qualidade nesse importante fórum.

Para nossa grande satisfação, o presidente da Câmara, Sr. Rodrigo Alvim, aceitou o convite para realizar a próxima reunião em Passo Fundo, durante o I Congresso Brasileiro de Qualidade do Leite, numa clara demonstração de prestígio ao CBQL. E, por falar no Congresso, após o excelente encontro que tivemos em Juiz de Fora em 2003, decidiu-se dar continuidade ao trabalho de um seminário de alto nível agregando-se a possibilidade da comunidade científica apresentar sua produção.

Iniciou-se com uma proposta modesta, que foi tomando uma dimensão muito maior que se podia imaginar, com um programa de excelente qualidade e com o apoio de todo o setor leiteiro no país. Para a construção deste evento, foi absolutamente fundamental a parceria firmada com o Milkpoint, cujo profissionalismo e capacidade de mobilização permitiram que o evento já nascesse grande. A atual diretoria está apostando no Congresso como sendo um momento crucial na história do CBQL, um verdadeiro divisor de águas. Além de se criar o devido fórum para o debate e a apresentação de trabalhos científicos na área de qualidade do leite, o Congresso pode marcar o compromisso tão esperado da cadeia produtiva do leite com a sua própria profissionalização: as principais lideranças do setor estarão debatendo o que fazer há menos de um ano da implantação da Instrução Normativa 51/2002, do MAPA, e a Câmara Setorial do Leite vai finalizar sua proposta de políticas de longo prazo para a cadeia do leite no país iniciada no UNILAC. Sem nenhuma pretensão, pode-se afirmar que a oportunidade é rara, e cabe a todos nós aproveita-la da melhor maneira.

Outra iniciativa que poderá ter um grande impacto para o setor e para o futuro do CBQL é o encaminhamento à Agência Canadense de Desenvolvimento (CIDA) de um projeto elaborado pela Universidade McGill, do Canadá, conjuntamente com o CBQL, cujo objetivo principal é a formação de recursos humanos em produção e qualidade do leite em todo o país. Caso aprovados os recursos solicitados, o CBQL e uma série de entidades parceiras estarão investindo num programa que terá impacto duradouro na melhoria da qualidade do leite e das condições de vida dos produtores de leite no Brasil.

Uma área que tem deixado a desejar é a atuação dos comitês do CBQL. Pouco avançamos neste ano, e procurar maneiras de mobilizar nossos membros para participarem propondo ações e cobrando da Diretoria e das coordenações o apoio necessário é urgente. Este, sem dúvida será um dos pontos de pauta da Assembléia Geral a ser realizada durante o Congresso. Precisamos dar a nossa contribuição ao país neste momento crucial que precede a implantação dos regulamentos técnicos publicados na Instrução Normativa 51. Esperamos todos nossos membros de braços abertos em Passo Fundo por ocasião do Congresso. Momentos como esse tem o potencial de disseminar sonhos, revigorar ideais e promover mudanças. Você não pode faltar!

Passo Fundo, 28 de julho de 2004.

João Walter Dürr
Presidente do CBQL

Publicada em 09/11/2004

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here