CPT - Centro de Produções Técnicas

Os 100 maiores produtores em 2014 apresentaram produção média de 15.161 litros por dia, 9,4% a mais do que em 2013 O Levantamento Top 100, iniciativa do site MilkPoint, colocou os Campos Gerais em destaque dentro do cenário nacional da produção de leite. Os associados das cooperativas Capal, Batavo e Castrolanda tiveram o maior número de fornecedores do produto no ranking com 14 fazendas. Em seguida, com 12 fornecedores cada, Itambé e Danone dividiram a segunda colocação entre os laticínios. Os 100 maiores produtores em 2014 apresentaram produção média de 15.161 litros por dia, 9,4% a mais do que os 100 maiores de 2013. Tal quantidade é mais que o dobro da apresentada no primeiro Top 100, em 2001, quando a produção média foi de 6.544 litros por dia. Apesar da queda da 11ª para a 12ª posição no novo levantamento, Hans Jan Groenwold, de Castro, foi o mais bem colocado entre os produtores da região. A 13ª posição ficou para outro castrense, Albertus Frederik Wolters, que caiu da 8ª posição obtida em 2013. Quem apresentou crescimento no ranking foi o produtor Lucas Rabbers, também de Castro, que pulou da 20ª posição para a 18ª colocação. Na sequência vieram os produtores da região Maurício Greidanus (Carambeí, 21ª colocação); Agropecuária Régia (Palmeira, 25ª colocação); William Ferdinand van der Goot (Arapoti, 30ª colocação); Roberto Sleutjes (Castro, 34ª colocação); Jan Johannes de Boer (Castro, 43ª colocação); Raul Fernando Los (Castro, 44ª colocação); Carlos Augusto Delezuk (Carambeí, 45ª colocação); Jan Noordegraf (Arapoti, 63ª colocação); Jan Wilem e Marika Salomons (Arapoti, 73ª colocação); Marius Bronkhorst (Arapoti, 75ª colocação); Armando de Paula Carvalho Filho (Castro, 77 ª colocação). Por fim, na 97ª posição está o Centro de Treinamento para Pecuarista de Castro. A raça holandesa permanece como a mais utilizada nas propriedades, estando presente em 70 fazendas, mesma quantidade do levantamento anterior. A raça Girolando e outros mestiços com grau variado de sangue aumentou sua presença de 39 para 44 propriedades no Top 100. Dentre os 100 maiores produtores de leite, 29 utilizam mais de uma raça na propriedade. A pesquisa contou com duas fases. A primeira, um levantamento preliminar, e a segunda uma checagem e autorização para publicação. <b>Objetivos da pesquisa</b> O Levantamento Top 100 é uma iniciativa do site MilkPoint, realizado pela primeira vez em 2001, visando conhecer quais eram e aonde se localizavam os maiores produtores de leite do Brasil, suprindo uma lacuna de informação existente no setor e permitindo que se acompanhasse, no âmbito dos grandes produtores, as alterações da chamada “geografia do leite no país”. Para esse levantamento foi necessária a colaboração de centenas de leitores do MilkPoint. <b>Comparativo</b> O Estado de Minas Gerais continua sendo a região com maior número de fazendas presentes no Top 100, com 44 propriedades (duas a menos que na edição anterior). Em seguida, o estado do Paraná teve 18 (uma a mais que no último Top 100). Os estados de Goiás e São Paulo apresentaram dez propriedades cada. A maior fazenda produtora de leite do Brasil em 2014 foi a Fazenda Colorado, de Lair Antônio de Souza e filhos, que teve crescimento de 17,4% na produção no ano, com média de produção diária de 62.851 litros/dia.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here