CPT - Centro de Produções Técnicas

O trabalho da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) será o tema central de uma capacitação do Programa de Melhoria da Qualidade Genética do Rebanho Bovino Brasileiro (Pró-Genética). O evento acontece nos dias 10 e 11 de março, na Fazenda Experimental da Empresa, que fica no município de Felixlândia, cerca de 200 km de Belo Horizonte, MG. A programação elaborada para pesquisadores, extensionistas e técnicos deve reunir mais de 60 pessoas de 14 estados brasileiros. O Pró-Genética, que tem o objetivo de promover o aumento da produtividade, competitividade e sustentabilidade da atividade pecuária do país, incentivando pequenos produtores rurais a utilizar animais geneticamente superiores no cruzamento, foi criado em 2006 inicialmente no estado de Minas Gerais, por meio de uma parceria entre a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), a Secretaria de Agricultura de Minas Gerais, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). Devido aos resultados positivos o programa já avançou para outras 13 unidades da federação e foi incorporado aos projetos de caráter público do Governo Federal há cerca de um ano, envolvendo os Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, do Desenvolvimento Agrário, a Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer), a Embrapa, o Banco do Brasil e o Banco do Nordeste. Vitrine do Gado F1 – Modelo pode promover melhoria de receita somando à venda do leite, o valor do bezerro de corte de qualidade. Durante o treinamento, os participantes vão poder conhecer também o sistema de produção de leite a pasto aplicado com vacas mestiças denominadas F1 (50% sangue europeu e 50% sangue zebuíno), desenvolvido desde 1998 na Fazenda Experimental de Felixlândia. Este sistema tem funcionado como modelo na produção de leite e como alternativa na produção de carne. De acordo com o pesquisador da Epamig, José Reinaldo Ruas, os resultados das pesquisas com touros zebuínos registrados em fêmeas F1 mostraram que este acasalamento produz animais muito mais eficientes e bezerros de qualidade. "Tanto no aspecto do desenvolvimento, ganho de peso, quanto o da qualidade da carcaça, desmistificando a teoria que vacas de leite não produzem animais para a cadeia da carne", afirma. Confira a programação completa da capacitação: Terça-feira – 10/03/15 8h – abertura 8h15 – “O Pró Genética como política de governo para o Estado de Minas Gerais” por João Cruz Reis Filho – Sec. de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais 9h – “Cenário e perspectivas da bovinocultura comercial (corte e leite) no Brasil” por João Ricardo Albanez – Superint. de Política Agrícola e Econômica da SEAPA/MG 10h – Coffee Break 10h15 – “As raças zebuínas e seus instrumentos de orientação e controle” por EdniraGleida Marques – Superint. Registro Genealógico da ABCZ 12h – Almoço 14h – Visita monitorada: Manejo de ordenha e manejo de bezerros, aplicado na Fazenda Experimental da EPAMIG com Geraldo Francisco e equipe 15h45 – Coffee Break 16h – “O sistema de produção de leite e bezerros de corte aplicado na Faz. Experimental da EPAMIG” por José Reinaldo Mendes Ruas – EPAMIG Quarta-feira – 11/03/15 07h30 – Visita monitorada: Vitrine de animais resultantes de cruzamentos HZ na Fazenda Experimental da EPAMIG, com José Reinaldo Mendes Ruas – EPAMIG 08h45 – “O Programa de Organização e Gestão da Pecuária Bovina de Minas Gerais (PROPEC)” por Elmer Ferreira Luiz de Almeida – EMATER MG 09h45 – Coffee Break 10h – “Programa de Melhoramento Genético das Raças Zebuínas (PMGZ)” por Vanessa Barbosa, gerente do Escritório Técnico Regional da ABCZ em Goiânia 11h – “Utilização do touro zebuíno registrado no melhoramento genético dos rebanhos comerciais” por Lauro Fraga Almeida, gerente do Pró-Genética da ABCZ 12h – Almoço 13h30 -“Estratégias de manejo reprodutivo em rebanhos de vacas mestiça (HZ) com uso de touros zebuínos” por Bruno Campos Carvalho (EMBRAPA) 15h – “O regulamento e passo a passo para a realização de Feiras / Leilões Chancelados pelo Pró Genética”por Lauro Fraga Almeida, gerente do Pró-Genética da ABCZ 16h15 – “O extensionista como mobilizador do processo de promoção do Pró Genética e crédito rural” por José Alberto de Ávila Peres – Emater MG 16h – Coffee Break 17h – Painel: Diversidade e complementaridade nas visões do Pró Genética na visão dos criadores/vendedores e compradores 17h30 – Mesa redonda 18h – Avaliação dos participantes e encerramento

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here