CPT - Centro de Produções Técnicas

Aproximadamente 1,5 mil famílias de agricultores familiares de 11 municípios de Alagoas vão ser beneficiadas com a capacitação técnica de 30 profissionais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater). O curso, que começa hoje (8), tem como objetivo preparar os profissionais para assistir a agricultores familiares que trabalham na cadeia produtiva do leite. A iniciativa é uma parceria do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) com a Embrapa. Os profissionais foram selecionados por entidades prestadoras de assistência técnica e extensão rural classificadas na Chamada Pública do Leite, de 2013. Eles atenderão moradores dos municípios de Batalha, Belo Monte, Cacimbinhas, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Major Isidoro, Minador do Negrão, Monteirópolis, Olhos D´Água das Flores, Palestina e Pão de Açúcar. “O diferencial do curso é o foco em tecnologias de produção para que extensionistas e agricultores possam trocar conhecimento sobre as inovações para a agricultura familiar”, explica Hur Ben Correa, coordenador de Inovação e Sustentabilidade da Secretaria da Agricultura Familiar do MDA. Entre os assuntos do curso, estão o controle leiteiro, a análise e interpretação do solo, os manejos alimentar e reprodutivo, e as boas práticas de ordenha. A prestação de serviços de Ater está baseada em eixos estratégicos, como a organização da produção e dos agricultores, gestão da atividade e da unidade de produção familiar, produtividade, qualidade do produto e comercialização. O curso ocorre até sexta-feira (12), no Polo Tecnológico, do município de Batalha. Os pesquisadores da Embrapa vão ministrar as aulas. Participam 12 técnicos agrícolas, 10 zootecnistas, cinco agrônomos, dois veterinários e um assistente social.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here