CPT - Centro de Produções Técnicas

Série de reportagens Leite, Quem Fiscaliza? mostra a ausência de fiscais do SIF em São Paulo e Minas Denunciar a falta de fiscalização em laticínios brasileiros. Essa é a proposta da série de reportagens Leite, quem fiscaliza?, do Canal Rural, que estreou dia 3 e será nesta semana dentro do programa Rural Notícias, a partir das 19h. Até sexta-feira (7), serão veiculadas cinco matérias, alertando sobre os problemas do controle de qualidade na produção de leite no País. A matéria exibida nesta segunda-feira mostrou a ausência de profissionais em indústrias que receberam autorização do Ministério da Agricultura, fato que abre espaço para fraudes que comprometem a segurança alimentar. Ontem (4), o programa retratou o cenário de Minas Gerais, Estado que concentra a maior bacia leiteira do País. Durante mais de trinta dias, a equipe de reportagem do Canal Rural percorreu laticínios em São Paulo e Minas Gerais, encontrando fatos preocupantes como a falta de fiscalização permanente do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) em indústrias que têm o carimbo do Serviço de Inspeção Federal (SIF). Além disso, as matérias mostram a falta de estrutura em que trabalham os fiscais federais. Há agentes que precisam viajar quase 500 km para inspecionar indústrias localizadas em regiões carentes de controle. Nas gravações, o jornalismo do Canal Rural visitou laticínios da capital e também no interior de São Paulo para apurar em todos os detalhes a situação de falta de fiscalização. <b>Sobre o Canal Rural </b> O Canal Rural, empresa do Grupo J&F, é a principal plataforma de comunicação especializada em agronegócio no Brasil. Além da TV segmentada mais assistida pelos tomadores de decisão do setor, segundo pesquisa Ipsos Marplan (2013), a marca engloba portal de notícias, leilões, eventos, aplicativos e educação para o agronegócio. Lançado em 1996, o Canal Rural leva informação e entretenimento aos milhões de produtores espalhados pelo País e aos "produtores de milhões", que garantem ao setor participação de aproximadamente 25% no PIB brasileiro. <b>Acompanhe o Canal Rural:</b> Na TV: são 18 horas diárias de jornalismo, entretenimento e shopping rural. O conteúdo pode ser assistido pelos canais 135 e 185 da NET, 159 da SKY, 112 da Claro TV, pelas operadoras NEO TV, pela parabólica (banda C) ou em tempo real pela Internet, no site www.canalrural.com.br Na web: canalrural.com.br – noticiário completo sobre agronegócio e vida no campo e c2rural.com.br – transmissão de leilões e eventos como congressos, seminários e premiações. Nas redes sociais: www.facebook.com/canalrural|www.twitter.com/canalrural

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here