CPT - Centro de Produções Técnicas

A Cooperativa Agropecuária de Uberlândia (Calu) está construindo uma unidade de armazenamento de ração ensacada e a granel em Monte Alegre de Minas, no Triângulo Mineiro. Também está dentro dos planos da cooperativa a instalação de silos para estocagem de grãos, como milho e soja, e a implantação, no médio e longo prazos, de uma fábrica própria de ração. A Calu está finalizando investimento da ordem de R$ 40 milhões em nova unidade de processamento de leite em Uberlândia. De acordo com o presidente da Calu, Cenyldes Moura Vieira, esses investimetnos estão dentro da estratégia de expansão da cooperativa na região. Em uma área de 32 mil metros quadrados serão construídos quatro silos, com capacidade total de armazenar 160 toneladas de ração, e um armazém onde serão estocadas 100 mil sacas de ração. Atualmente, a produção de ração bovina da Calu é terceirizada e o armazenamento é feito nas lojas da cooperativa, o que limita a estocagem e causa problemas na distribuição do produto. Segundo o dirigente, muitas vezes, devido ao estoque pequeno, deixamos de atender a demanda, que é crescente. Com a construção da nova unidade armazenadora será disponibilizado um volume maior de ração. Os investimentos da Calu na expansão da produção e ganho de escala no mercado têm sido constantes na região do Triângulo. Ainda este ano está prevista a inauguração da nova unidade fabril da cooperativa. De acordo com Vieira, a construção está bem adiantada, com índice de conclusão próximo a 70%. A expectativa é inaugurar as primeiras linhas produtivas entre o final de novembro e início de dezembro. A nova unidade fabril demandou investimentos da ordem de R$ 40 milhões e triplicará a capacidade produtiva da cooperativa nos próximos anos. Hoje o processamento gira em torno de 100 mil litros de leite ao dia. Agilidade – Além de ampliar a capacidade de processamento, a modernização dos processos vai trazer resultados positivos como, por exemplo, maior agilidade nos trabalhos e a possibilidade de ampliação do portfólio. A fábrica está localizada no Distrito Industrial de Uberlândia, em área de 64 mil metros quadrados, sendo 10 mil metros quadrados construídos. A expectativa é gerar 300 empregos diretos e 1,5 mil indiretos. Com o investimento prestes a ser finalizado, será possível ampliar o volume de produção dos itens que estão no mercado e também expandir para os queijos finos, leite longa vida e doce leite. O portfólio da empresa é composto por iogurtes, requeijão, muçarela, ricota, manteiga, leite pasteurizado entre outros. "As obras estão bem adiantadas e alguns equipamentos prontos para serem instalados. Atualmente operamos na capacidade máxima instalada", explicou Vieira.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here