CPT - Centro de Produções Técnicas

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, operação entre a suíça Nestlé e a neozelandesa Fonterra pela qual haverá uma dissolução parcial da parceria criada entre as duas empresas para atuar no setor de leite em pó e de produtos lácteos refrigerados e líquidos em países da América Latina. A aprovação do negócio consta de despacho publicado no Diário Oficial da União. A parceria funciona por meio de várias joint ventures formadas pelas duas companhias. No Brasil, o acordo resultou na criação da DPA Manufacturing Brazil (DPAM) e da Dairy Partners Americas Brasil (DPA-CL), conjuntamente denominadas DPA, com 50% de suas cotas detidas pelo Grupo Fonterra e 50% pelo Grupo Nestlé. Com a reestruturação da parceria, segundo informou a Nestlé em maio, "as fábricas de leite em pó da DPA no Brasil, Argentina, Equador e Colômbia serão novamente operadas pela Nestlé, assim como a área de leite líquido no Equador". Já o segmento de leite refrigerado e líquido na Venezuela voltará para as mãos da Fonterra, que vai operá-lo com um parceiro local. No Brasil, a joint venture continua comercializando produtos lácteos refrigerados, com participação de 51% da Fonterra e de 49% da Nestlé.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here