CPT - Centro de Produções Técnicas

A cota de importação continua a ser de 3,6 mil toneladas de leite em pó por mês, considerando os leites desnatado e integral. Esse é o resultado da reunião sediada segunda-feira (28/04), pelo Sistema OCB, em Brasília, e que envolveu representantes do setor lácteo brasileiro e argentino. Anuência – A negociação entre os setores privados, brasileiro e argentino, conta com a anuência dos dois governos, por isso, os ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, do Desenvolvimento Agrário e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior participaram como observadores. O primeiro acordo foi fechado em 2009. Fluxo comercial- O analista técnico e econômico da OCB, Gustavo Beduschi, comentou que os objetivos são garantir o fluxo comercial entre os dois países e evitar surtos de importação. Participação – O Sistema OCB participa deste processo por entender que, desta forma, está contribuindo com o desenvolvimento do setor e, portanto, das cooperativas agropecuárias que atuam no segmento do leite.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here