CPT - Centro de Produções Técnicas

O planejamento e a antecipação dos riscos são fundamentais para o sucesso em qualquer atividade. Na pecuária leiteira não é diferente. Só no primeiro semestre de 2014, o segmento passou por diversos momentos distintos. No primeiro trimestre, viveu forte especulação acerca da produção por causa da seca. Como consequência, o mercado se firmou e os preços ao produtor subiram a partir de fevereiro. Os preços dos grãos, do boi e outras commodities também subiram com o clima adverso. O segundo momento foi no início da entressafra, no final de abril. Mesmo com a captação em queda desde dezembro do ano passado, o volume captado em 2014 (média do primeiro semestre) foi 12,5% maior na comparação com o mesmo período do ano passado. Os volumes produzidos no Brasil Central e no Sudeste poderão aumentar com a safra, a partir de novembro, cujos números não estavam disponíveis. Por outro lado, na região Sul, a produção tende a cair com o plantio de grãos da safra de verão e retirada das vacas das pastagens de inverno. Saiba tudo sobre essa análise na seção “Pecuária de Leite” na edição do Guia do Criador 2015.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here