CPT - Centro de Produções Técnicas

A Associação dos Produtores do Queijo Artesanal Araxá está lançando o livro “Queijo Araxá – O Pingo da Alma. O livro tem o patrocínio da CBMM, através do Governo Federal, Ministério da Cultura – Lei de Incentivo a Cultura. A região de Araxá é a maior bacia leiteira de Minas e possui onze municípios produtores de queijo: Araxá, Campos Altos, Conquista, Ibiá, Pedrinópolis, Perdizes, Pratinha, Sacramento, Santa Juliana, Tapira e Uberaba. Atualmente, estima-se que os municípios da microrregião de Araxá produzam mais de 1 milhão de litros de leite por dia, dos quais 40% são transformados em queijo. Hoje, o queijo Minas Artesanal Araxá é fonte de renda para cerca de 10 mil famílias, contribuindo para o desenvolvimento econômico, social e cultural de toda a região. São 24 produtores em toda a micro região. Para o vice presidente da Associação Regional dos Produtores do Queijo Minas Artesanal Araxá, Calimério Antônio Guimarães a importância deste livro é relevante pois além de resgatar a história do “Queijo Araxá”, será um veículo de divulgação deste produto valorizando os produtores e a região. “Estamos trabalhando com o processo de Indicação Geográfica (IG) que além de mostrar a tradição do “saber fazer” e ressaltar a notoriedade do nosso queijo como produto único, garantirá a origem desta iguaria promovendo a região, agregando valor ao produto, melhorando a renda dos produtores e quem sabe em um futuro próximo o Museu do Queijo”, enfatiza Calimério. A produção do livro acontece através de projeto proposto pela Fundação Cultural ACIA e conta, ainda, com a coordenação dos profissionais da Neo Comunicação. O lançamento do livro Queijo Araxá – O Pingo da Alma está previsto para o final de dezembro.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here