CPT - Centro de Produções Técnicas

O calor em boa parte do País nessa época do ano é predominante, o que propicia a procurar alimentos que ajude a refrescar e amenizar as altas temperaturas. E o por que não pedir várias bolas de sorvete, sejam elas de variados sabores e variadas formas de acompanhamentos. Hoje é comemorado o Dia Nacional do Sorvete, e as pessoas apaixonadas por esse alimento gelado, têm mais um motivo para se deliciar. Além do calor dos últimos dias, e sabores inovadores, a motivação para se deleitar a essa iguaria refrescante, é comemorar essa data e cantar parabéns ao sorvete. Afinal o dia é dele, mas o presente é nosso. <b>Saboroso e nutritivo</b> Este é o quinto ano consecutivo que é comemorado o Dia Nacional do Sorvete, com objetivo de divulgar os benefícios nutritivos deste alimento, e consolidar a data comemorativa, instituída pela Associação Brasileira das Industrias de Sorvete (Abis) e um grupo de industriais de sorvetes. Sorvete faz bem para a saúde, e pode ser consumido em todas as estações. O sorvete é um alimento completo, rico em cálcio, proteínas, vitaminas e gorduras. “É ótimo, nutritivo e um dos alimentos mais completos que existem”, disse o infectologista Djalma Rodrigues Pinto Neto, da Clínica Cevaci, especializada em vacinação e campanhas contra a gripe, em entrevista ao site Icebode Sorvetes. O médico derruba o paradigma de que o produto faz mal para a saúde. “O fato de tomar sorvete não proporciona maior ou menor predisposição às doenças. O que causa gripes e infecções, é entrar em contato com o vírus”, garantiu. “Inclusive há sorvetes apropriados para o inverno, com caldas de chocolate, e o petit gateau, que é muito gostoso”, concluiu. Sorvete é mais que prazer, conforme informações do site Icebode Sorvetes, recentemente um estudo comprovou, que o sorvete é um alimento completo, contendo proteínas, açúcares, gordura vegetal e/ou animal, vitaminas, cálcio, fósforo e outros minerais essenciais numa nutrição balanceada. Uma comparação com outros alimentos, mostra que um sorvete possui menos calorias que um ovo frito ou um pão francês: enquanto 100 gramas de sorvete de creme possui 208 calorias, a mesma medida de pão francês tem 269 calorias e de ovo frito, 216. O valor calórico dos sorvetes, depende da sua composição, ou seja, das matérias primas utilizadas para sua fabricação. Um sorvete produzido com ovos ou leite, fornecerá uma maior quantidade de proteína e gordura comparativamente a um sorvete que utiliza água. Por exemplo, em análises efetuadas a diversos sorvetes, verificou-se que 90 gramas de sorvete (peso médio por dose) podem fornecer entre 130 e 320kcal. Para estes valores contribuem principalmente o açúcar (25-59%) e a gordura (3-16%). Os produtos à base de leite, como o sorvete, hoje são apontados como ingredientes funcionais, relacionados à saúde e são produtos de excelente qualidade nutricional e sensorial. Os sorvetes também são uma excelente fonte de cálcio, pois podem atingir 135mg/100g. Isso é importante para as pessoas que por hábito, gosto ou intolerância à lactose, não ingerem os produtos lácteos na quantidade necessária. Em termos médios o consumo de 100g de sorvete contribui com cerca de 8 a 16% da dose diária recomendada de cálcio, um mineral essencial para a saúde de dentes e ossos, cujo consumo é importante tanto durante a infância e a adolescência, fases em que ocorrem os maiores ganhos de massa óssea como na vida adulta e maturidade, para manter essa estrutura óssea adquirida nas fases anteriores. Os sorvetes associam prazer, conveniência, sabor, aspectos nutritivos e benefícios à saúde, em uma boa medida. Em termos de conveniência e variedade, atendem todos os gostos e necessidades. <b>História do sorvete</b> O prazer de se refrescar com um sorvete é conhecido pelo homem há mais tempo do que se imagina. Consta em alguns livros de história que Nero, no ano 60 D.C., já saboreava essa sobremesa em seus banquetes. Naquele tempo a mistura era preparada no momento de servir com sucos de frutas, mel e neve dos Alpes. Os chineses foram, entretanto, os grandes admiradores de sorvete na antiguidade. Há três mil anos, antes da invenção das máquinas de fazer frio, utilizando a neve, os antigos também preparavam suas especialidades. As mais antigas referências sobre as origens do sorvete incluem uma história sobre sua invenção entre os persas, imperador romano Nero entre os anos 37 e 68, que teria mandado trazer neve e gelo das montanhas e misturá-lo com frutas, e outra do imperador chinês King Tang entre 618 a 697, que teria um método de combinar leite com água do rio. De acordo com a coleção de cartões da cidade de Washington Magalhães, a produção do picolé no Brasil teria sido iniciada em Cataguases, Minas Gerais, no final do século XIX. Mas outras histórias dizem que o sorvete começou a ser confeccionado no ano de 1934, na cidade do Rio de Janeiro, quando chegou, vindo de Boston, um navio com um carregamento de pêssego natural. Alguns historiadores atribuem a Marco Polo a introdução do sorvete na Europa, no século XIII, onde se incorporou o leite nas receitas. Mas foi nos Estados Unidos que o produto se popularizou: a primeira sorveteria foi instalada em Baltimore, em 1851, tornando-se um sucesso e provocando uma expansão rápida do comércio do segmento, dando assim início à produção industrial do alimento. No Brasil também chegou no século passado e consta que era uma das sobremesas preferidas de D.Pedro II. Com o aprimoramento das máquinas de fazer frio e o posterior avanço tecnológico, o sorvete passou a incorporar novos ingredientes e técnicas de preparo mais sofisticadas que trouxeram a cremosidade ao produto. Elementos como leite, açúcar, glicose, emulsificante, gordura vegetal, aromas, corantes e frutas naturais tornaram o sorvete um alimento com grande valor nutritivo. <b>Sugestão para se deliciar</b> Um famoso bar e restaurante australiano na Capital, tem opções de sobremesa para comemorar o Dia do Sorvete. Sugestões combinam o sorvete especial da casa com produtos exclusivos, preparados diariamente no próprio restaurante. A rede de restaurantes possui três sugestões que trazem o sorvete como destaque. Chocolate Thunder from Down Under: Uma das mais disputadas é a generosa porção de sorvete de creme, servido sobre um brownie exclusivo. Chamada de Chocolate Thunder from Down Under, a sobremesa é regada com uma deliciosa calda de chocolate belga, e o toque final fica por conta de uma porção de chantilly com raspas de chocolate. Cinnamon Oblivion: Outra delícia é a Cinnamon Oblivion que, por trazer sorvete de creme envolvido em uma camada especial de nozes crocantes, surpreende até os paladares mais exigentes. A combinação é servida com croutons de canela e Cinnamon Apples (maçãs cozidas com canela). Para completar, creme de chantilly, fruta da estação e calda de caramelo. Sidney’s Sinful Sundae: Recentemente de volta ao cardápio da rede, o Sidney’s Sinful Sundae, também está no time dos queridinhos. A sobremesa traz o sorvete de creme envolvido em uma camada de coco tostado. Para finalizar, a delícia é regada com uma cobertura cremosa de chocolate tipo belga, chantilly e fruta da estação. O restaurante também oferece opções para as crianças. O Spotted Dog Sundae é uma deliciosa combinação de sorvete de creme com calda de chocolate e chantilly. A sobremesa está no Kid’s Menu.

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here