CPT - Centro de Produções Técnicas

O 1º Encontro de Empreendedoras do Leite, realizado na quinta-feira (21/8) em São Luiz do Paraitinga, reuniu cerca de 40 mulheres, que acompanharam as palestras “A Importância da Mulher no Empreendedorismo”, com a consultora do Sebrae-SP Maria Lucia Baltazar Candido, e “Valorização da Mulher Produtora e Empreendedora Rural”, comandada pela consultora Giane Santos, da Fundamental Treinamento e Consultoria Empresarial. O evento, organizado pelo APL (Arranjo Produtivo Local) de Leite e Derivados da Microrregião de Taubaté, fez parte da programação do 7º Encontro Regional de Mulheres do Vale do Paraíba. Para a secretária de Agronegócios e Meio Ambiente de Redenção da Serra, Nelma Biondi de Angelis, o encontro serviu para fortalecer o APL e valorizar a participação das mulheres na produção agrícola. ​“O evento foi uma oportunidade de conhecer produtoras de outras cidades e um incentivo, pois muitas não têm a consciência da importância das mulheres no campo. A gente se sente valorizada. Além disso, foi um pontapé inicial para o grupo perceber as vantagens de participar do APL”, comentou Nelma, que também trabalha com pecuária leiteira. Segundo a analista do Sebrae-SP Julia Guaragna, que é gestora da entidade em São Luiz do Paraitinga, o evento foi um reconhecimento ao importante papel da mulher no campo. “É necessário que elas sejam valorizadas, que entendam a força que possuem e se sintam parte fundamental para o desenvolvimento do Arranjo Produtivo Local de Leite e Derivados”, comentou. O APL de Leite e Derivados conta atualmente com 524 produtores de sete cidades e tem um grupo gestor formado por representantes técnicos do Sebrae-SP, CATI (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral), Comevap (Cooperativa de Laticínios do Médio Vale do Paraíba), Coordenadoria de Defesa Agropecuária do Estado, Prefeitura de Taubaté, Sindicato Rural de Taubaté e Universidade de Taubaté, por meio do Departamento de Ciências Agrárias. Essas entidades contam ainda com o apoio técnico/científico da APTA (Agência Paulista de Tecnologia do Agronegócio) e Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural).

Banner CHR Hansen 2020

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here